O vice-governador da Huíla para o sector económico, Sérgio da Cunha Velho, disse que o município de Quipungo esta localizado numa posição estratégica, servindo de base logística para as província da Huíla e Cunene.
O governante destacou a realização do fórum , sobretudo na conjuntura económica actual, em que é fundamental a identificação e diversificação das fontes de financiamento para programas e projectos socioeconómicos.
Defendeu por isso, a aposta no agronegócio, como um dos sectores que os municípios devem focar, dada a aptidão produtiva da região e transversalidade da agricultura na absorção de muita mão-de-obra e no fornecimento de matérias-
-primas para a indústria.
“A agropecuária tem o potencial e a capacidade de estimular os sectores do comercio e da indústria transformadora”, referiu, antes de enaltecer a iniciativa do municipio na realização do certame, pois permite refletir sobre o potencial económico, definir estratégias
para mobilizar investidores.
Defendeu igualmente a realização de acções inovadoras que estimulem e dinamizem a economia e a identificação de áreas de interesse para o investimento privado, que deve apresentar propostas no sentido de promover o desenvolvimento do município.
“Quipungo situa-se numa zona económica importante da província da Huíla tendo como principal actividade
económica a agropecuária.