Angola e a República da Zâmbia devem ver impulsionadas, a curto prazo, as trocas comerciais entre os dois países vizinhos, no quadro da implementação do Projecto de Navegabilidade Fluvial do limítrofe rio Cuando.
Segundo o ministro dos Transportes, que visitou o município do Rivungo, a implementação do Projecto de Navegabilidade Fluvial, é um projecto que vai aumentar o emprego, dinamizar a produção nos municípios do Cuito Cuanavale, Mavinga e Rivungo. Para Augusto Tomás, a concretização do projecto vai melhorar a condição de vida da população da zona ribeirinha de Rivungo, acrescentando que o Ministério está a trabalhar para que a população possa também partilhar dos ganhos alcançados com a paz no país.

Grupo indiano
prevê investir no retalho

O grupo indiano Ango Marth Noble Grup revelou a intenção de investir na Lunda Sul, de acordo com o seu gestor Sohil Makhani, quando falava à margem do acto de lançamento da primeira pedra para a construção de uma escola primária no bairro Candembe, no município de Saurimo, financiado pela empresa. O gestor informou que já foi identificado na cidade de Saurimo, um local onde a empresa tenciona construir um supermercado no I trimestre de 2017, onde prevê criar 90 postos de trabalho.

   BREVES
Investigação
Huambo ganha centro ecológico
O centro agro-ecológico inaugurado na província do Huambo foi considerado pelo governador local, João Baptista Kussumua, como uma alavanca para o desenvolvimento sustentável da província. No seu discurso, afirmou que o centro é um importante facto estratégico para o desenvolvimento sustentável da região, para além de contribuir na diversificação, através das boas práticas agrícolas e ambientais. O centro congrega nos seus 200 hectares de extensão, quatro tanques com uma capacidade de 100 mil litros para a criação de peixes.

Portugal
Vistos registam crescimento
O consulado-geral de Portugal em Luanda emitiu este ano mais de 55 mil vistos em passaportes, um aumento de cerca de 10 por cento face a 2015, apesar da crise que se vive em Angola. Segundo números avançados à Lusa por aquele consulado, deram entrada em Luanda, entre Janeiro e 10 de Dezembro, um total de 63.304 pedidos de visto, um aumento de 12 por cento em termos homólogos, tendo sido atribuídos 55.378 (entre Espaço Schengen e apenas para território nacional português). Trata-se um aumento de quase 5 mil vistos atribuídos num ano.
solidariedade

Restaurantes apoiam causa
A terceira edição do Angola Restaurant Week, que decorreu em Luanda, de 24 a 30 de Outubro, foi a melhor de sempre, triplicando o número de menus e o valor angariado face ao ano anterior. Com 8.541 menus vendidos, foram angariados 4.270.500 kwanzas para o Centro Social Santa Bárbara, também conhecido como orfanato Mamã Muxima. O Angola Restaurant Week, uma organização do Luanda Nightlife, contou com 29 restaurantes aderentes, e com o patrocínio de marcas de bebidas nacionais.