O presidente do Conselho de Administração interino da Tcul, Pedro Pereira, prevê lançar nos próximos dias o serviço de carga de pequenas encomendas na carreira inter-provincial para impulsionar os pequenos negócios no interior. O presidente do Conselho de Administração interino da TCUL Pedro Pereira garantiu ao JE, que numa primeira fase, não vai transportar carga contentorizada, mas sim pequenas unidades de cargas leves, como o carvão, balão de fardo e outros produtos. De acordo com o PCA interino, além dos serviços de carga, a empresa vai ministrar cursos de condução preventiva, cobradores de autocarro, expedidores de tráfico, inspector de tráfico e manutenções preventivas a partir do seu Centro de Formação Profissional da Tcul, situado no Estaleiro principal localizado no município dio Cazenga em Luanda. Entre os desafios da empresa consta igualmente o apetrechamento da oficina para atender serviços de diagnósticos de caixa e motor, alinhamento de direcção. A carreira Kilamba-Mutamba, foi avançada igualmente entre os projectos destinados a impulsionar as receitas da companhia no ano de 2020. O acesso aos serviços expresso será feito a partir do pagamento de cartão semanal, quinzenal e mensal, que passará a descontar as viagens pelo número de carreiras contra, o regime anterior que cobrava durante um período fixo.

Balanço
Em relação o exercício económico 2019 a empresa fez um balanço positivo ao recuperar a situação económica prevalecente
até 2017 em 85 por cento. Entre as conquistas o responsável apontou igualmente, a estabilização salarial, o pagamento da dívida referente aos subsídios de turno dos funcionários em 90 por cento. Actual mente a empresa opera em seis rotas inter-provinciais nomeadamente, Mbanza Kongo, Soyo e Luvo (Zaire).