A administração municipal do Tchindjenje, na província do Huambo, traçou um plano para mostrar as principais potencialidades económicas e turísticas da região, com o objectivo de atrair investidores, garantiu o vice-governador provincial para o Sector Económico e Social, José Cornélio, que se responsabiliza pelo acompanhamento da implementação de projectos nos municípios do Tchindjenje, Ucuma e Longonjo.
Na deslocação ao Tchindjenje, o vice-governador visitou algumas infra-estruturas, assim como o projecto dos 200 fogos habitacionais inacabados por razões de ordem financeira. José Cornélio garantiu, no entanto, que os esforços estão a ser feitos para a conclusão das mesmas, a fim de servir às populações.
No encontro que manteve com os membros da administração municipal do Tchindjenje, o dirigente elucidou os funcionários a saberem lidar com o actual contexto do país.
“O país caminha com uma nova governação e sem muitas formalidades, pos isso, vai ter que acabar com os gastos avultados desnecessários, como acontecia no passado, provocando até a paralisação de outros serviços”, disse o responsável.
O governante sublinhou que a construção e reabilitação de infra-estruturas sociais e as vias de acesso às comunas vão trazer desenvolvimento, e sobretudo gerar maiores oportunidades de emprego para a juventude, e ajudar na recuperação da imagem da vila, apelando o esforço de todos os munícipes nos diferentes projectos em curso.