A empresa de água mineral "Purangol" investiu USD 25 milhões para aumentar a produção, informou nesta quarta-feira, na localidade de Bom Jesus (Bengo), o seu director, Maarouf El Sahely.

Segundo Maarouf El Sahely, com esse investimento a Purangol, que produz 39 mil litros de água mineral por dia, aumentará para 120 mil litros, em Junho, e para 140, no final do ano, atendendo a procura do produto no mercado nacional.

O empresário afirmou que a água mineral Purangol é comercializada nos municípios do Dande e Catete (Icolo e Bengo), bem como nas províncias do Huambo, Malange, Kwanza-Sul, Lunda Sul, Uíge, Benguela e Luanda, como principal mercado.

O responsável disse que a Purangol emprega, actualmente, 170 trabalhadores nacionais, podendo aumentar, até ao final do ano, para trezentos, logo que inicie a fabricação de novos produtos, nomeadamente, sumo, leite, yogurte, água com aroma de laranja.

A empresa, com uma área de 100 mil metros quadrados, prevê ainda investir mais USD 25 milhões para ampliação da estrutura física, devendo, segundo o empresário, empregar mais duzentos trabalhadores para totalizar 500 funcionários angolanos, e permitir duplicar a produção até 2012.

Relativamente aos custos dos produtos, o director disse que uma embalagem de seis garrafas de 1,5 litros e um garrafão de cinco litros de água mineral custam AKZ 430.00 e 200.00, respectivamente, prevendo-se para breve, o lançamento da garrafa de água mineral de meio litro.

No domínio da beneficiência social, Maarouf El Sahely pontualizou que manteve contactos com responsáveis da administração comunal de Bom Jesus com o objectivo de construir e reabilitar infra-estruturas sociais, nomeadamente, maternidade, escolas e instituições públicas.

A fábrica Purangol produz internamente os seus vasilhames.