Angola vai beneficiar de apoio técnico da Associação Regional de Laboratórios da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) para apoiar a futura associação angolana de laboratórios, disse em Luanda, a directora-adjunta do Instituto Angolano de Acreditação (IAAC), Cláudia Simões.
Esta constitui uma das maiores vantagens do apoio, referiu Cláudia Simões, em declarações, à Angop, a propósito da participação angolana na reunião anual da associação regional da SADC que decorreu este mês, em Pretória, África do Sul.
A futura associação angolana de laboratórios, que poderá ser proclamada no II trimestre de 2018, terá como tarefa principal unir os laboratórios de todos os sectores do país.
A reunião regional da SADC serviu para informar sobre o estado do processo de criação da associação angolana de laboratórios, tomar conhecimento das linhas orientadoras para desenvolver o plano estratégico da futura associação e estabelecer relações com organismos congéneres regionais e internacionais.
A Associação Regional de Laboratórios da SADC reúne anualmente, com o apoio do Instituto Alemão de Metrologia (PTB) e a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO).