A Samsung Electronics África anunciou, oficialmente, a sua expansão para o sector de saúde, com a Samsung Saúde e Equipamentos Médicos. Ao expandir a sua presença na indústria de equipamentos médicos, a multinacional sul-coreana pretende tornar-se líder mundial neste sector, aliando o seu conhecimento em electrónica e tecnologia para revolucionar a área da saúde.

“O conhecimento e empenho da empresa na área da saúde e equipamentos médicos permitem-nos proporcionar uma experiência melhor e mais completa de saúde para médicos e pacientes”, disse Thierry Boulanger, director de TI e soluções de B2B da Samsung Electronics África.

Objectivos a alcançar
O objetivo da corporação, enquanto líder mundial de tecnologia, é dotar os profissionais de saúde de ferramentas que necessitam para oferecer aos pacientes o melhor atendimento possível, com um contínuo interesse e investimento no sector de forma a ajudar a alcançar os objectivos de crescimento global.

Internacional, a Samsung é reconhecida como sendo a mais eficiente no mercado de chips, imagens de vídeo e dispositivos móveis. A empresa tem utilizado estes conhecimentos para desenvolver uma tecnologia para fazer e gerir diagnósticos remotos. “A combinação de processamento de imagem Samsung com tecnologias líderes na indústria de equipamentos médicos servirá como base para a inovação contínua em tecnologia médica”, reconheceu.

Thierry Boulanger defende também os valores do cliente como prioridade da empresa, onde a Samsung Saúde e Equipamentos Médicos vai apoiar os diagnósticos rápidos, fáceis e precisos através de tecnologias e produtos superiores produzidos por esta.

Inovações pretendidas
A gama Samsung Saúde e Equipamentos Médicos vai incorporar radiografia digital, diagnóstico in vitro e ecografias de alta qualidade, cujos produtos nestas três categorias têm funcionalidades digitais que permitem que os resultados sejam imediatamente transmitidos para uma localização especifica, em qualquer parte do mundo, isto é, muito importante no contexto africano, porque permite que a população que vive em áreas remotas visite uma clínica móvel e seja examinada por especialistas em qualquer parte do mundo.

Há também vários modelos disponíveis em cada uma das gamas de produtos. Por exemplo, o equipamento de radiologia digital inclui versões móveis para usar em vários locais. Já o de ecografias é ideal para uso em obstetrícia, ginecologia, cardiologia e cirurgia geral, enquanto os de química clínica analisadores de sangue “in vitro” fornecem resultados precisos em apenas sete minutos.

“Este é um benefício, não só para clínicas urbanas, mas principalmente para as clínicas rurais móveis onde o tráfego de pacientes pode ser consideravelmente maior”, afirma.

Estado do projecto
De acordo com o director da TI, neste momento, a empresa está à procura de distribuidores especializados na área de gestão de serviços e diagnósticos, para garantir que possam trazer com sucesso estas soluções para o mercado africano. “Orgulhamo-nos de desenvolver e ampliar as fronteiras da tecnologia inovadora. As respostas que recebemos de hospitais privados, clínicas, médicos e laboratórios de análises referem como estas soluções são necessárias”, reconheceu.

 Além disso, os governos em África continuam a concentrar-se em melhorar o sector da saúde, com uma necessidade crescente de equipamentos de diagnóstico móveis confiáveis. A partilha desta gama de produtos de saúde com o mercado africano está inserida na iniciativa “Built for Africa” (Construído para África) com o objectivo de mudar o mundo e melhorar a qualidade de vida das pessoas “, conclui Boulanger.