A partir do próximo mês de Setembro, as Linhas Aéreas de Angola (TAAG) passam a ostentar a categoria de três estrelas  no raking “Skytrax”, que é o sistema de classificação mundial de qualidade das normas das companhias aéreas, de referência e para a excelência.

Esta distinção da Skytrax é fruto do processo de reorganização que está a ser desenvolvido há já algum tempo, na companhia angolana.
O processo de refundação da Taag tem como objectivo alcançar as três estrelas na escala Skytrax, que tem um máximo de cinco, tendo excepções de excelência que podem chegar às sete estrelas.

De acordo com o presidente da Skytrax, Edward Plaisted, a Taag passa a ostentar três estrelas no ranking das companhias aéreas. A instituição acredita que a Taag tudo fará para confirmar este ranking e que está em condições de fixar a meta das quatros estrelas, como um objectivo alcançável, um desafio que a direcção de serviço ao cliente da companhia angolana quer encarar com a máxima responsabilidade.

O Skytrax Airline Avaliação foi criado em 1999 e  classifica as companhias aéreas pela qualidade dos seus produtos de primeira linha e padrões de serviço do pessoal, sendo  reconhecido como uma referência mundial de padrões de avião, baseando-se numa  análise detalhada de qualidade de mais de 800 itens diferentes.