A Siemens procedeu na 33ª edição da Filda, ao lançamento da campanha “Ingenuity For Life”, centrada nas três áreas fundamentais em que a empresa actua em Angola como sendo o Oil & Gás, a Energia e a Indústria.
Segundo a directora de comunicação e imagem, Joana Garoupa, a Siemens identifica-se com a temática apresentada pela Filda, como sendo: “Diversificar a economia e potenciar a produção nacional, visando uma Angola auto-suficiente e exportadora” e, acredita que o seu portfólio pode reforçar o desígnio da diversificação da economia, uma vez que ajuda a criar condições para o crescimento.
A campanha de publicidade segundo Joana Garoupa, está alinhada com este objectivo do país e dá corpo ao novo posicionamento da marca, que pretende comunicar melhor o impacto da sua tecnologia na sociedade.
“Aproveitamos o momento para lançar a campanha de publicidade internacional com enfoque no mercado angolano”, disse Joana Garoupa, sublinhando “a importância de espelhar nesta iniciativa de comunicação, o que de melhor se faz em Angola”.
Através do centro de serviços Subsea, tem também vindo a trabalhar com as principais empresas petrolíferas para optimizar a exploração de petróleo em águas profundas fornecendo serviços nas áreas de instalação, inspecção, manutenção e reparação.
Um fabricante de cosméticos, por exemplo, pode encher toda uma produção de champôs usando apenas uma linha de montagem, reagindo a solicitações dos diferentes clientes de forma selectiva e eficiente.
Durante a realização da Filda a Siemens apresentou ainda, também uma turbina Aeroderivativa de energia eléctrica, que permite gerar mais energia com menos combustível. O director de divisão de mobilidade da Siemens, Leopoldino Sobral, disse que a diferença entre a turbina aeroderivativa e as demais reside apenas no factor “eficiência”.
Fruto das soluções tecnológicas realizadas, a empresa está a iniciar um processo de transferência de alguns trabalhadores para operar no exterior.