Um protocolo que permitirá relançar a cooperação em vários domínios, incluindo investimentos das companhias em ambos os países, foi assinado ontem (terça-feira/09), em Luanda, entre a Sociedade Nacional de Combustíveis (Sonangol) e a sua similar Sonatrach, da República da Argélia.

 

Após a assinatura do protocolo, o presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Francisco Lemos Maria, um dos signatários do acordo, disse que através do documento rubricado a Sonangol poderá ver os seus interesses melhor abordados, quando se tratar de investimentos na Argélia e igualmente a Sonatrach em Angola.

 

Já o director-geral da Sonatrach, Abdelhamid Zerguine, informou que o memorando consiste em organizar a cooperação entre as duas empresas no futuro e permitir também que as companhias trabalhem juntas no sector petrolífero, seja antes da extracção e depois da produção do petróleo.

 

A República de Angola e a República Argelina Democrática e Popular já cooperam no domínio dos petróleos desde 1976, altura em que os primeiros quadros angolanos foram enviados para formação no ramo naquele país.