O acordo para o desenvolvimento conjunto para distribuição e comercialização de derivados de combustíveis, entre a Sonangol e a Total E&P Angola já está finalizado, um processo que teve início, em Dezembro de 2018.
O referido desenvolvimento traduz-se, numa primeira fase, na distribuição de carburantes e na venda de lubrificantes a empresas e particulares, através de uma rede de postos de abastecimento com a marca “TOTAL”, sendo o primeiro, inaugurado em Luanda, em Dezembro de 2018.
Nesta nova etapa, segue-se a recepção da aprovação, exigida pelas autoridades de concorrência, para a incorporação da empresa de capital misto Total Marketing & Services Angola SA, detida em participações iguais pelos grupos Sonangol e Total.
Através desta empresa mista, os parceiros de longa data em actividades upstream (a Total e a Sonangol) vão desenvolver, conjuntamente, actividades de distribuição em Angola, o quarto mercado mais importante da África Subsaariana.
A Sonangol disponibiliza à empresa mista 45 postos de abastecimento existentes, situados em áreas urbanas ao longo das estradas principais em 10 províncias costeiras e do centro do país.
Enquanto isso, a Total vai contribuir com os recursos financeiros necessários para que se atinjam os objectivos dos parceiros, entre os quais, duplicar o número de postos de abastecimento num período de cinco anos e desenvolver as actividades viradas para o negócio e a venda de lubrificantes.
Além disso, tendo em conta a sua experiência em matéria de distribuição, de venda e de cultura do cliente, a Total prevê contribuir ainda para o desenvolvimento de uma rede de postos de abastecimento com os padrões internacionais mais elevados, além de proporcionar aos clientes nacionais uma gama de produtos e serviços de qualidade.
“ Sentimo-nos felizes e orgulhosos por testemunhar a concretização deste acordo hoje. O desenvolvimento das actividades de distribuição em Angola, país chave para a Total, ao lado da Sonangol, nosso parceiro histórico, augura as melhores perspectivas para esta nova empresa”, sublinhou Momar Nguer, presidente do ramo Marketing e Serviços e membro do Comité Executivo da Total.