A actual taxa de circulação, cobrada aos proprietários de veículos, motociclos e ciclomotores, vai passar, em 2020, a chamar-se Imposto sobre os Veículos Motorizados (IVM), de acordo com uma nota da Administração Geral Tributária (AGT).
Para o efeito e maiores esclarecimentos, a AGT organiza, hoje, em Luanda, um seminário onde deverá explicar sobre as incidências das principais alterações e seus fundamentos.
Vale recordar que esta decisão da AGT é uma resposta acertiva às críticas de várias franjas da sociedade, que questionava o facto de uma taxa prever benefícios directos aos utentes, enquanto o imposto é devido ao Estado e não se reporta ao benefício directo, mas a distribuição equitativa da riqueza.
Dados da AGt dão conta que, pelo menos, 2,8 mil milhões de kwanzas foram arrecadados, em 2018, com a cobrança da taxa de circulação referente a 2017, um aumento de mil milhões em relação ao valor colectado com a taxa 2016.