A Total quer reforçar a sua actuação no mercado nacional com a entrada no sector de aprovisionamento e distribuição de produtos derivados do petróleo e noutros ramos da actividade petrolífera.
Segundo uma nota de imprensa que o JE teve acesso, em 2018, a empresa inaugurou o primeiro posto de abastecimento de combustível em Angola, resultante de um acordo quadro entre a Total e a Sonangol, com a criação de uma joint-venture para desenvolver uma rede de mais de 40 estações de serviço em 10 províncias do país.
O documento acrescenta ainda que, a Total tem um grande compromisso com o desenvolvimento da sociedade angolana, e em particular com a juventude estabelecendo compromissos nas áreas da educação, formação profissional e desporto.
Nesta parceria, segundo a nota, entre os diversos programas financiados pela Total, destacam-se os Liceus Eiffel, as 4 escolas públicas do II° ciclo construídas nas províncias do Cunene, Cuanza Norte, Bengo e Malanje, pelas quais a Total foi distinguida com o prémio Sírius na categoria de investimento social.
A nível do desporto, a Total apoia a Selecção Nacional de Andebol Feminino. A Total é uma