A pista e a placa da área de movimento do Aeroporto de Camaquenzo, no Dundo (Lunda Norte), foram inauguradas ontem, pelo ministro dos Transportes.
Augusto Tomás viajou quinta-feira no voo inaugural das Linhas Aéreas de Angola (Taag), do Aeroporto de Camaquenzo, no Dundo (Lunda Norte), onde, pela primeira vez, aterra um avião de grande porte, depois da conclusão das obras de ampliação da pista.
Assim, o Aeroporto de Camaquenzo recebeu pela primeira vez um avião de grande porte, depois da conclusão das obras de ampliação da pista, que passou de mil e 800 para dois mil e 500 metros de comprimento, de 20 para 45 de largura e 15 metros de berma, de acordo com o regulamento da Organização Internacional da Aviação Civil (OIAC).
A primeira fase das obras de ampliação e modernização do aeroporto ficou concluída em Setembro de 2012, com a inauguração do terminal de passageiros. A segunda etapa do projecto teve início em Abril de 2014 e consistia na ampliação da pista para receber voos da Taag.
Com dois pisos, o terminal do Aeroporto do Dundo foi construído numa área de dois 558 metros quadrados com capacidade para receber 300
passageiros em hora de ponta.
A partir de Outubro, a Taag retoma a rota para a província da Lunda Norte 10 anos depois, segundo garantiu o vice-governador para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas da Lunda Norte, Lino dos Santos.
Entretanto, o ministro dos Transportes, depois da inauguração da pista, efectuou a entrega de autocarros às autoridades locais para ajudar a melhorar a circulação das pessoas e bens na província.