Agricultura passa, a partir deste ano, a implementar o processo de correcção dos solos, para aumentar a produtividade e criar melhores condições para os camponeses trabalharem a terra.
A correcção dos solos vai facilitar a descoberta de terras aráveis para o cultivo de um determinado produto.
No Chinguar, o ministro procedeu à entrega de sete tractores, 50 carroças de tracção animal, 30 toneladas de sementes diversas, dez mil charruas, cinco mil toneladas de adubo compostas, 778 catanas e mil pares de enxadas.
O governador Boavida Neto pediu aos técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrário para criarem mais projectos de cultivo de modo a melhorar e aumentar a produção. A campanha 2017-2018 apresentam potencialidades positivas e uma verticalidade favorável em relação ao período homólogo.