A Comissão Económica do Conselho de Ministros aprovou, ontem, terça-feira, em Luanda, a implementação, a partir deste mês, dos projectos que constam no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM). Para a directora Nacional de Investimentos Públicos do Ministério da Finanças, Juciene Cristiano, que falou no final do encontro, estão alinhados 1.700 projectos dentro do valor de dois mil milhões de dólares aprovados para o seu financiamento.
Com isso, vão ter prioridade aqueles projectos ligados aos sectores da construção civil, educação, saúde, administração e as acções nos sectores dos transportes, energia e água. Os órgãos da administração local responderão por 68 por cento da programação, enquanto os outros 32 serão da responsabilidade central.
A meta é disponibilizar quatro mil salas de aulas, por todo o país, assim como construir, reabilitar e apetrechar mais unidades sanitárias. Em simultâneo, prevê-se a construção de oito edifícios para o funcionamento das autarquias locais, 500 escolas primárias e 36 complexos administrativos.


Em desenvolvimento...