Segundo uma nota de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, chegada à Angop, em Luanda, a reunião de coordenação é co-presidida pelo governo da República Centro Africana (RCA) e pela União Europeia e visa harmonizar os esforços de todos os parceiros, afim de avançar o processo político naquele país e encontrar uma resolução às causas profundas do conflito.
Nesta conformidade, a reunião fez um balanço da Iniciativa Africana para a Paz e a Reconciliação na RCA sob os auspícios da CEEAC, CIRGL e com o apoio de Angola, Congo e o Chade.
A reunião analisou também o Acordo Político para a Paz na RCA, recém assinado em Roma entre o Governo da RCA e os 14 grupos rebeldes.
Para a reunião, foram igualmente convidados altos representantes dos Governos do Congo, Chade, França, Estados Unidos da América, União Africana, Comunidade Económica dos Estados da África Central, Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos, Nações Unidas, União Europeia e a Comunidade de Sant’ Egídio.