O Executivo Angolano adoptou medidas que visam incentivar o surgimento de iniciativas empreendedoras no país, de acordo com a secretária de Estado das Finanças e Tesouro.
Vera Daves de Sousa, dissertou esta semana, em Luanda, num encontro promovido pela Universidade Lusíada.
Disse que para a materialização desses objectivos, o Governo leva a cabo um programa de reformas no quadro legislativo e regulatório com destaque para a aprovação das Leis da Concorrência, do Investimento Privado, de Base das Privatizações e da Contratação Pública.
Na ocasião, fez alusão a aprovação do Programa de Apoio ao Crédito (PAC), que visa incentivar a concessão de crédito para a produção de 13 produtos da cesta básica, a criação do Portal do Investidor e o Fundo de Garantia de Depósitos como parte das políticas prioritárias adoptadas pelo Executivo, e através das quais pretende-se engajar os privados e a força jovem.