O Banco Nacional de Angola (BNA) vendeu um total de 672,75 milhões de euros aos bancos comerciais, tendo a venda acumulada, no corrente ano, sido de 1.509,85 milhões.
De acordo com o comunicado recente do Comité de Política Monetária do BNA, o efeito combinado da redução das quantidades de petróleo exportadas e do preço das ramas angolanas, resultou num saldo da conta de bens no valor de usd 2.025,9 milhões em Fevereiro, inferior àquele que se registou em Janeiro (usd 2.254,43 milhões).
As Reservas Internacionais Brutas (RIB), em Fevereiro de 2018 situaram-se em usd 17.482,15 milhões contra os 17.983,76 milhões, em Dezembro de 2017. No final do mês em análise, o nível de reservas internacionais permitia a cobertura de 7,28 meses de importação de bens e serviços.
Desde a entrada em vigor do novo regime cambial a 9 de Janeiro, até 28 Fevereiro, o diferencial das taxas de câmbio da moeda nacional face ao dólar norte-americano, nos mercados secundário e informal, registou uma redução de 60,208 p.p., passando de 150,618 para 90,409 kwanzas por dólar.
No mercado de crédito, observou-se uma expansão mensal do Crédito em Moeda Nacional de 3,89 por cento, destacando-se o aumento do crédito concedido aos particulares e à actividade de construção. Nos últimos 12 meses, o crédito à economia em moeda nacional cresceu em torno dos 8,02 por cento. Nesse período, A Base Monetária em Moeda Nacional, variável operacional da política monetária, expandiu 2,57, em Fevereiro de 2018, em termos mensais e 0,72%, em termos homólogos face a Fevereiro de 2017.