A Primeira Região Tributária da Administração Geral Tributária (AGT), que abarca as províncias do Zaire e de Cabinda, vai, nos próximos dias, incluir as línguas nacionais “kikongo e binda”, respectivamente, nas campanhas de esclarecimento sobre a operacionalização do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) no país.
De acordo com o chefe do departamento técnico da região tributária, Ricardo Aguiar, a medida vai permitir que a mensagem sobre o IVA flua entre os cidadãos com pouco domínio da língua portuguesa. Falando em conferência de imprensa, que serviu para esclarecer alguns equívocos sobre este sistema tributário, em vigor desde 1 de Outubro no país, o responsável explicou que a campanha será feita por via radiofónica e porta a porta por técnicos da sua instituição treinados para o efeito.