A Administração Geral Tributária (AGT) implementa, desde Abril deste ano, o Sistema Automatizado de Gestão de Dados Aduaneiros, denominado Asycuda World, programana lançado em fase piloto na cidade do Lobito, em Benguela.
A Administração Geral Tributária (AGT) implementa, desde Abril deste ano, o Sistema Automatizado de Gestão de Dados Aduaneiros, denominado Asycuda World, programana lançado em fase piloto na cidade do Lobito, em Benguela.
Ao que sabe o JE, o primeiro módulo implementado foi o do “Manifesto de Carga” nos serviços aduaneiros da 4ª Região Tributária da AGT, que inclui as províncias de Benguela, Bié, Huambo e Cuanza-Sul.
Até ao momento, as melhorias na colecta de imposto, tempo de resposta à demanda e combate à evasão e fraude são substâncias, conforme reportam as estâncias centrais da AGT os responsáveis das diversas regiões tributárias.
O Asycuda é um novo sistema que automatiza todos os procedimentos da actividade aduaneira, desde a submissão do manifesto de carga até às auditorias pós-desalfandegamento efectuadas pela Administração Geral Tributaria (AGT), incluindo a gestão integrada das liquidações, pagamentos, reembolsos e outros procedimentos contabilísticos afins.
O sistema representa uma evolução relativamente ao processo actualmente em uso, uma vez que prevê maior comodidade de todos os agentes da cadeia de importação e exportação, por meio da tramitação de documentos e informações dentro de um mesmo sistema, reduzindo de forma significativa a circulação de grande parte dos documentos impressos.