O Banco Millennium Atlântico (BMA) perspectiva continuar na preferência das empresas e do seu desenvolvimento, fazendo valer, para tal, a sua solidez no mercado, que é capaz de alavancar o crescimento e a plena integração dos negócios nacionais nos mercados internacionais.
Segundo a administradora Executiva do BMA, Odyle Cardoso, que falava há dias num fórum organizado pelo operador bancário, em Luanda, a instituição está focada na identificação de parcerias, soluções e sinergias que promovam o alavancar da diversificação da economia angolana.
A responsável avançou também que foi com base neste posicionamento que o banco decidiu realizar o fórum e convidar o empresariado nacional e as grandes, pequenas e médias empresas para, em conjunto e numa sessão de trabalho, encontrarem-se soluções que possam promover o fomento da produção nacional e a sua posterior exportação.
“Neste projecto, contamos com a participação e com o apoio do Executivo, para que seja um verdadeiro trabalho de equipa e se possam encontrar soluções que conduzam à tão desejada e necessária diversificação económica nacional e, por conseguinte, a menor dependência do petróleo e ao alívio que continua a ser exercido sobre a procura de divisas internacionais”, explicou.
O Banco Millennium Atlantico é um dos agentes financeiros que mais tem apostado na proximidade com os clientes, quer através da inovação quer da qualidade e da eficiência dos serviços que presta ao mercado. Este fórum empresarial foi mais uma das iniciativas organizadas para reforçar esta proximidade e para contribuir para melhores resultados empresariais em Angola.