Foi precisamente a 14 de Agosto de 1975 que se deu “a tomada da banca”, numa acção que visou evitar o desmoronamento de todo o sistema monetário e financeiro angolano. Nesta altura em que se verificou uma fuga massiva de quadros bancários, associada a fuga de capitais com o perigo da redução imediata da liquidez do sistema, que era controlado a partir de Lisboa – Portugal, onde desde 14 de Agosto de 1926 estava instalada a sede do banco de Angola.

Conforme reza a história da banca angolana, nesta data foi nomeado um grupo de técnicos bancários, com a missão de implementar um plano estabelecido pelo Ministério do Plano e Finanças que consistia na ocupação física de instalações dos Bancos Comerciais em Luanda e destituição dos seus órgãos sociais até então vigentes. O trabalho exaustivo levado a cabo por esse grupo de trabalhadores é um marco historicamente determinante da Banca em Angola, tendo sido proclamado a 14 de Agosto de 1980 como “ Dia do trabalhador bancário”.

Leia mais em próximos momentos...