O Banco  Caixa Geral Totta de Angola (BCGTA) lançou, recentemente, em Luanda, uma nova campanha de fidelização de clientes e valorização dos depósitos, no âmbito das comemorações dos seus 20 anos de actividade no mercado angolano.

Conforme apurou o JE, o banco aumentou para 20 por cento a taxa de juros dos depósitos a prazo e pretende com isso elevar a cultura de poupança dos cidadãos, incentivando-os, deste modo, a uma maior rentabilização dos seus activos.

Presente em nove das 18 províncias do país, o BCGTA propõe-se atingir a totalidade do país até 2015, período em que prevê, também, ver duplicada a sua actual quota de mercado. Neste momento, o banco conta com 23 agências contra as 11 que controlava até finais de 2010.

O Caixa Geral Totta opera na banca angolana desde Março de 1993 e com o seu recente processo de refundação, que viu entrar ainda em 2010 novos sócios, designadamente o português Caixa Geral de Depósitos e a petrolífera angolana Sonangol, adoptou como estratégia corporizada “Investir no presente, conquistar no futuro”, sendo estas as oprincipais marcas desta instituição financeira de direito privado.

Prioridade à habitação
Como parte desta sua estratégia de acção e aumento da quota de mercado, garantir respostas às principais necessidades identifcadas no mercado passou a ser uma chave de sucesso do Caixa Geral Totta nestes anos, daí que o segmento da habitação assumiu prioridade no plano funcional.

Para isso, o banco lançou o “Viver em Angola - crédito habitação”, um produto que permite ao cliente adquirir por compra ou por construção a casa própria. Aqui, o financiamento do banco é de 85 por cento do valor total, ficando os restantes 15 sob a responsabilidade do cliente, sendo ainda obrigatório o domicílio da conta num prazo não inferior a seis meses. Os reembolsos podem atingir a maturação dos 25 anos ou conforme o negociado pelas partes.

Servir às empresas
Da estratégia de mercado do Caixa Totta surge, igualmente, a prestação de um serviço diferenciado às empresas. Para tal, o banco desenvolve uma política de confiança junto dos clientes, porquanto, acreditam os gestores que, com base na confiança ao mercado, à economia e ao desenvolvimento do país, será possível a construção de uma instituição sólida, capaz de servir os interesses nacionais.
Do mesmo modo que tem definida uma ampla cobertura das despesas das empresas, em acções de importação de bens ou de serviços, o Caixa Totta alinha-se às estratégias do Banco Nacional de Angola (BNA) de assegurar uma diminuição acentuada dos níveis de dolarização da economia.

Já no quadro do programa de apoio às micro, pequenas e médias Empresas (MPME), o Caixa Totta dispõe de uma carteira de crédito bonificado, dispondo nas suas estruturas de atendimento de uma vasta equipa especializada com a finalidade de atender às preocupações da classe empresarial no âmbito do Angola Investe.

A título referencial, o Caixa Totta tem ganhado posições no quadro dos bancos que operam no mercado bancário, sendo que entre os 22 operadores do segmento comercial se fixa entre os principais 12 bancos, no que diz respeito à rentabilidade dos activos, resultados líquidos e operacionais, crédito a clientes e carteira de depósitos.