A utilidade e preferência pela batata rena no cardápio das famílias e, sobretudo, restaurantes ou casas da “fast food” fazem do produto, de consumo em grandes quantidades.

Da produção nacional em quantidades que, reconhecidamente, abastecem o mercado e fazem concorrência a ainda elevada quantidade de toneladas importadas.
Todavia, a constatação junto dos supermercados é que existe, neste momento, uma preferência acentuada pela batata rena nacional. A equipa do “Hora das Compras” constatou que no Kero, por exemplo, os clientes levam o saco amarelo, onde vem acondicionado 10 quilogramas, convictos de estarem a levar o melhor. O preço, que também vai observando, vez ou outra, promoções, fixa-se em quase todos os estabelecimentos em torno dos três mil e... ou quatro mil e pouco. A excepção é feita no Shoprite, que até ao momento fixou o custo pelos 10 quilos em menos de três mil, ainda que a diferença seja de décimas (ver quadro ao lado).
Com todo esse cenário desafiador e bastante competitivo, só resta desejar-lhe boas compras.