Paralelamente ao projecto “Terra do Futuro”, que prevê implementar 60 fazendas agrícolas, está a nascer no município da Kibala, Kwanza-Sul, um parque industrial dedicado à absorção da produção agrícola da região. Nessa primeira fase, que arranca já em Março, está prevista a montagem de cinco unidades fabris de selecção e transformação.

A fábrica de feijão terá a capacidade de produção de 20 toneladas/dia, enquanto a de farinha de milho 50 toneladas. “Estão a chegar as fábricas de leite de soja, iogurte de soja e a fábrica de bolacha”, disse Manuel João Fonseca, PCA do projecto “Terra do Futuro”. Prevê-se ainda a montagem da fábrica de ração animal que terá uma capacidade de 50 toneladas e cinco toneladas de ração tilápia.

Serão produzidos também 50 toneladas de milho. Manuel João disse que existirá uma unidade de transformação para cada uma das colheitas eleitas pelo projecto, designadamente milho, feijão, soja e arroz além de uma unidade voltada à produção de ração animal. O projecto, totalmente financiado pelo BDA, está a ser implantado numa área de 100 hectares com possibilidade de evolução.