Os preços ainda parecem, nesse momento, um pouco frios. Na ronda desta semana, visitamos vários supermercados e a constatação é de um ambiente de menos procura pelos clientes.
Há quem defenda ser o momento do mês, porquanto pagos os salários no fim do mês passado, à entrada dos meados do mês, como habitual, a afluências nos caixas dos supermercados é mais reduzida.
O que farão os supermercados, o responsável de publicidade de uma das cadeias de supermercados, explicou que estrategicamente nessas fases do mês ou ano, o que se adopta como medida mais rápida são as promoções dos produtos ora com paga um leva dois, ou mesmo com baixas de preço.
Aliás, a entrada da época do Cacimbo, segundo diz, também é ocasião própria para fazer sair das montras aqueles produtos que eram de maior saída na estação quente.
Nos bens alimentares, há cada vez maior presença de produtos a granel e com preços mais acessíveis nas prateleiras dos supermercados. Também é notória, nestes operadores da distribuição angolana, uma aposta séria na venda de produtos nacionais.