As festas de Natal e de fim-de-ano estão às portas. As lojas já encheram as prateleiras com brinquedos, cabazes e outras oferendas próprias dessa época. A combinar a época de saldo está também a cesta básica cujo preço mantém-se estável.

Ainda esta semana, a garantia de sectores do Governo apontaram no sentido de os produtos integrantes da cesta básica e outros não sofrerão escassez nem a consequente especulação de preços, pois estão asseguradas também a importação em tempo útil e quantidades necessárias para a
época festiva e as vindouras.
A par disso, nota-se, nos supermercados visitados, a uma procura maior por determinados produtos, mas no que diz respeito aos ovos, açúcar, farinha de trigo, só para citar estes, o cenário de estoque não parece tremer
ante a azáfama popular.
A boa nova de todos é mesma a de que até o I trimestre de 2017 Angola passa a ser auto-suficiente no que a produção de ovos diz res