O crédito à economia, durante o mês de Agosto, manteve a tendência de crescimento, tendo atingido o stock de 2.779 mil milhões de kwanzas, representando um crescimento de 4,3 por cento desde o início do ano. Esta é de resto uma das conclusões saídas da recente reunião do Comité de Política Monetária (CPM) do Banco Nacional de Angola (BNA).

O Comité de Política Monetária (CPM), na sua vigésima quarta sessão ordinária, a nona deste ano, visou a tomada de medidas que concorram para a manutenção da estabilidade de preços na economia nacional, tendo,igualmente, analisada a evolução da inflação, da economia real, das contas fiscais e monetárias, bem como a informação recente sobre a conjuntura económica internacional e da região SADC. O documento a que tivemos acesso refere que a análise foi feita com base em informação referente ao mês de Agosto de 2013.
 .
Economia monetária
Os dados sobre a evolução da economia adiantam que no mês de Agosto, a taxa de inflação mensal foi de 0,54 por cento, inferior ao do período homólogo de 2012, em 0,06 pontos percentuais. A taxa de inflação dos últimos 12 meses passou de 9,04 para 8,97 por cento.

A classe “Bens e Serviços Diversos” foi a que mais variou com 1,05 por cento, sendo a classe “alimentação e bebidas não alcoólicas” a que mais contribuiu, com 0,23 pontos percentuais para a inflação registada no mês.

Sobre a luibor “overnight”, esta situou-se em 5,51 por cento ao ano, enquanto nas maturidades de 3 e 12 meses se situou respectivamente em 8,46 e 10,03 por cento ao ano, confirmando-se assim a tendência de redução das taxas de juro praticadas no mercado monetário interbancário.

A taxa de juro média do crédito de 181 dias a um ano em moeda nacional foi de 12,81 por cento para o segmento de particulares e de 14,53 por cento para o segmento empresarial.

Mercado cambial
No mês de Agosto, o mercado cambial transaccionou um total de 2.542 milhões de dólares, dos quais 1.265 milhões provenientes do mercado primário (BNA) e o restante do mercado secundário. A taxa de câmbio média de referência do kwanza em relação ao dólar americano situou-se em 95,91 kwanzas no final do mês, representando uma apreciação de 0,04 por cento, comparativamente ao mês de Julho.

Decisões
Tendo presente a análise efectuada aos indicadores macroeconómicos, que inclui a evolução recente e as perspectivas para as economias angolana, internacional e regional, o comité de política monetária decidiu manter a taxa básica de juro - Taxa BNA - em 9,75 por cento ao ano.

Decidiu, igualmente, fixar a taxa de juro da facilidade permanente de cedência de liquidez em 11 por cento ao ano, enquanto a taxa de juro da facilidade permanente de absorção de liquidez estabeleceu-se em 0,75 por cento ao ano.

Por outro lado, o comité de política monetária do BNA mantém a recomendação que os agentes económicos tenham a luibor como taxa de juro de referência na contratação de crédito bancário.

Última avaliação
Na reunião de Agosto, a vigésima terceira no caso,  o CPM avaliou os desenvolvimentos recentes da economia mundial, os quais indicavam que as economias desenvolvidas deram já sinais de recuperação económica, embora modestos. Os principais acontecimentos que marcaram o mês em análise foram: o crescimento positivo da Zona Euro e dos Estados Unidos da América (EUA) no segundo trimestre de 2013; a manutenção dos estímulos por parte da FED; o aumento da produção industrial na China; a vitória, com uma maioria sólida, do partido da coligação no poder (Partido Democrático Liberal) nas eleições parlamentares no Japão, acabando com as incertezas em torno de alguma instabilidade política que se fazia sentir.

No que toca às perspectivas do crescimento mundial, manteve-se as previsões do FMI para 2013 (3,1 por cento), menos 0,2 pontos percentuais (p.p.), relativamente às projecções de Abril. Para as economias avançadas, há a perspectiva de um crescimento de 1,2 por cento em 2013.