Há dias que ter dinheiro só não basta. É preciso também paciência para comprar e levar para casa aquilo que, essencialmente, se precisa junto dos supermercados.
Esta semana, tal qual nos multicaixas, as caixas dos supermercados registam mais enchentes, sobretudo, às manhãs e finais da tarde. A corrida às compras é alta e a resposta sintomática é de que os funcionários públicos desde sexta-feira passada começaram a receber a sua remuneração do mês de Abril e a consequência é maior procura.
Embora os princípios de economia revelem que circunstâncias como as que se vivem nestes dias de maio são propícias para gerar inflação, face a maior procura, o que se vê do Instituto de Preços e Concorrências do Ministério das Finanças, assim como das brigadas de fiscalização do Ministério do Comério é uma maior presença nos estabelecimentos.
A equipa do JE na sua tradicional visita semanal aos supermercados cruzou nalguns com visitas de inspecçõão e foi bom ver maior preocupação dos promotores com a organização das prateleiras e os preços fixados.