O Ministério das Finanças, através do Instituto de Supervisão de Jogos (ISJ), confiscou quarta-feira, para os cofres do Estado, 11 milhões e 821 mil e 850 kwanzas da sala de jogos “Fortuna ou Azar” da empresa Long Cheng Hui Suo, que funcionava ilegalmente, desde Julho deste ano, no shopping “Cidade da China”, em Luanda.
De acordo com uma fonte do Instituto de Supervisão de Jogos, em declarações à Angop, a sala estava instalada num edifício de um piso, com hospedaria, bar e outros serviços e foi encerrada pelo ISJ, numa acção que contou com a presença de efectivos da Polícia Nacional, Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) e de Bombeiros.
O acto de encerramento culminou ainda com a apreensão mil 291 dólares americanos e material que promove a actividade, como mesas de jogos pocket, roleta russa, computadores, o servidor da sala de vigilância, fichas e dezenas de baralhos de cartas.
Um outro cofre móvel, cuja chaves não foram entregues ao efectivo da polícia em serviço no local, também foi retirado do recinto, estando a corporação a investigar, o motivo da não cedência das chaves por parte dos proprietários.