O quilograma de frango é, por estes dias, dos produtos que mais oscilou nos supermercados.Contra os anteriores máximos de kz 900 pelo quilo, agora o preço mínimo é de kz 770 (dificilmente encontra-se disponibilidade) e o máximo de kz 1.149.Uma das atendedoras de caixa numa das unidades comerciais visitadas disse que, a subida do frango, à semelhança de outras carnes brancas e vermelhas, está a ser influenciada pela inexplicável subida diária do custo do peixe fresco, quer no formal como no informal, por alegada escassez dos produtos do mar, neste momento no mercado nas quantidades habituais.Ao que se tem assistido, embora a produção nacional comece a dar mais ar à sua graça, as contas das donas de casa e dos gestores de empreendimentos de restauração, hotéis e similares, fazem cada vez mais contas.Aliás, só uma observação aqui para referenciar sobre a conversa com um certo colega, segundo o qual, num dos hotéis, em Porto Amboim, no Cuanza Sul, foi-lhe dito não haver leite nem cereais para o pequeno-almoço.