A informação foi prestada, pelo governador provincial do Huambo, João Baptista Kussumua, quando respondia a solicitação da população durante um encontro.
Disse que o governo do Huambo está a criar as condições para efectivação do projecto, tendo adiantado que decorrem negociações junto das instituições bancárias sedeadas na província no sentido de se encontrar soluções para o efeito.
Referiu que, não obstante ser uma solicitação da população local, o projecto consta dos interesses do governo da província do Huambo no âmbito dos desafios que visam a promoção do desenvolvimento socioeconómico dos municípios.
O município do Londuimbali, com uma extensão territorial de dois mil 698 quilómetros quadrados, possui uma população estimada em 134 mil 254 habitantes.
No entanto, a repartição fiscal do Huambo arrecadou no passado mês de Outubro cerca de 892 milhões 362 mil 405 kwanzas quando comparados com os 640 milhões 857 mil 696 kwanzas embolsados no mês de Setembro.
O valor arrecadado resulta do pagamento de imposto industrial, de rendimento de trabalho, de selo, de consumo, predial urbano e sobre aplicação de capitais.
Destes, porém, os que mais contribuiram foram os impostos sobre os rendimentos (387 milhões 203 mil e 934 kwanzas), de consumo (255 milhões 844 mil 733 kwanzas), de selo (89 milhões 209 mil 726 kwanzas) e o imposto industrial, com 77 milhões 39 mil e 88 kwanzas.
A nota da Repartição Fiscal na província do Huambo termina referindo que entre Setembro e Outubro houve uma arrecadação de um bilião 533 milhões 220 mil 101 kwanzas.