O preços dos produtos e principalmente os da cesta básica, como arroz, pão açúcar, óleo, sofrem alterações todas as semanas. Do levantamento feito desde o mês de Novembro com os 24 itens, nos cinco principais supermercados de Luanda, a massa alimentar foi a que menos sofreu reajustes.A título de exemplo, no supermercado Candando mantém-se a 150 kwanzas há mais de quatro semanas.
Constatou-se durante a ronda que, apesar dos preços ainda a variar, o poder de compra das famílias nas últimas semanas baixou.A pesquisa também revela constantes oscilações no leite líquido, batata rena, cebola, frango, azeite, farinha de trigo, carne, arroz feijão entre outros produtos.
A variação quando tende para a redução do preço tem beneficiado as famílias, e o contrário tem custado muito no bolso das pessoas que afluem diariamente às grandes superfícies comerciais percorridas.
Apesar de a oferta não corresponder ainda a demanda, o mercado vai aos poucos equilibrar-se.