Os bancos comerciais BAI, BFA, Keve, BCA, BMF, Sol, BIC, Millennium/Atlântico, Económico, BNI e Totta, sediados em Cabinda, exibiram os seus produtos e serviços na Iª edição da feira de poupança promovida pela delegação regional do Banco Nacional de Angola (BNA), realizada há dias, em saudação ao dia mundial da poupança, assinalado a 31 de Outubro.
O evento que decorre no pavilhão multi-usos do Tafe, sob o lema “poupar, investir de forma segura”, contou ainda com a presença do Micro Capital, instituição financeira não bancária e enquadrou-se também nas festividades do 41º aniversário do BNA assinalado a 5 de Novembro último.
A feira visou aumentar a literacia financeira da população com o enfoque para a importância da poupança, a divulgação dos produtos e serviços das instituições financeiras bancárias e não bancárias, bem como a promoção da mudança de atitudes financeiras e responsáveis.
O director regional da banca de retalho norte do BAI, Feliciano Tavares, disse que a instituição bancária que dirige apresentou durante a feira uma gama de produtos à população, com destaque para o serviço “conta jovem”, em que os pais preparam o futuro do seu filho, depositando dinheiro. “É uma conta que serve para se preparar o futuro dos filhos”, disse, referindo que, o salário desempenha um papel fundamental na renda das famílias, mas, resta uma parte que deve ser depositada num banco para planos futuros. “O BAI está disposto a receber estas poupanças e dar o melhor rendimento possível com taxas  aliciantes”, disse.
Para Marlene João, representante do BFA na feira, o Banco Fomento de Angola possui vários serviços e produtos a favor dos clientes. No que diz respeito a poupança, segundo ela, o BFA tem a conta “Kandengue”, que é destinada para as crianças e o seu valor de abertura é de 30 mil kwanzas, a uma taxa  anual de 8 por cento.
“O BFA também tem contas de depósito a prazo, a uma taxa atractiva de 100 mil kwanzas, com um prazo de 180 dias. Temos outros produtos, como BFA net, em que o cliente pode fazer consultas, pagar impostos, luz, água, levantamentos e outros serviços a partir do seu escritório ou em casa”, disse.
O representante do banco Keve, Pompeu Angelino, disse que participam na feira com três produtos de poupança, o destaque recai para a poupança de menores, em que os pais fazem poupanças para os seus filhos, a poupança para pessoas de alta, média e baixa renda, que começa com abertura de 5 a 100 milhões, com uma taxa de aplicação 14 por cento ano, de 100 milhões para o infinito, a uma taxa  de 15 por cento ao ano.
“Esperamos que as pessoas visitem os nossos balcões e adiram aos produtos que temos disponíveis. Temos tido muita aderência desses produtos por parte dos clientes e queremos que haja mais, porque os bancos conseguem desenvolver os seus serviços com os fiéis depositantes, por isso, estaremos em condições de financiar particulares e empresas para desenvolvermos a  economia angolana”, disse.
A directora do BCA, Maria Almeida, referiu que, a sua instituição possui vários serviços e produtos de crédito que têm a ver com a poupança, e depósitos a prazo.
De acordo com António Manuel, representante do BIC, o banco possui vários serviços como de créditos pessoais, de consumo, investimento para empresas, depósitos a prazo, BIC mais e BIC pliz.