O Executivo admite a possibilidade de avançar para uma revisão do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), até Março deste ano, informou terça-feira (29), em Luanda, o ministro de Estado do Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes Júnior.
Em declarações à imprensa, à margem de uma visita de constatação ao Entreposto da Madeira de Luanda, em Icolo e Bengo, o governante justificou que a medida se deve à “tendência baixista” do preço do barril do petróleo, que continua abaixo da previsão do Governo (68 dólares). Aprovado a 14 de Dezembro de 2018, pelo Parlamento, o OGE/2019 comporta receitas e despesas estimadas em 11,3 biliões de kwanzas. A ideia de revisão do preço de referência do barril de petróleo no OGE já havia sido ponderada em Dezembro pela Assembleia Nacional em caso de continuidade dos preços baixos nos mercados internacionais.