O preço do barril de petróleo Brent, referências às exportações angolanas, voltou a subir na última quarta-feira em 0,29 cêntimos ou seja 0, 48 por cento, fixando-se nos 60,03 dólares.
De acordo com o português Jornal de Negócios, o petróleo segue com ganhos ligeiros nos mercados internacionais, animado por um relatório do Instituto do Petróleo Americano que mostra que as reservas de crude terão descido pela primeira vez em três semanas. Segundo o Instituto, as reservas terão diminuído em 3,45 milhões de barris.
Nesta altura, o West Texas Intermediate (WTI), transacionado em Nova Iorque, sobe 0,23 por cento para 56,26 dólares, enquanto o Brent, negociado em Londres, ganha 0,50 para 60,33 dólares.
Em Dezembro, a OPEP+, como é designada essa alian-ça, suprimiu a produção do bloco em 1,2 milhão de barris por dia (bpd), em que os 11 membros do cartel reduzem 800 mil, e os outros 400 mil barris por dia.
Traders em toda a linha estão a aguardar pelo discurso, hoje, do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, em Jackson Hole, Wyoming, pois poderá indicar se o banco central continuará a cortar as taxas de juros.
“Os preços estão basicamente inalterados na mesma faixa relativamente pequena”, disse Olivier Jakob, da Petromatrix. “O foco agora será Jackson Hole, eu acho, até o final da semana.”
O preço do Brent subiu 12% este ano, apoiado por cortes de oferta liderados pela Opep e por cortes nas exportações do Irão e da Venezuela.