A preocupação dos consumidores com os supermecados, de semana em semana, volta-se aos preços dos bens alimentares, sobretudo os que integram a cesta básica. Estes mostram-se estáveis, neste momento, num excelente indicador para se fazera a planificação das despesas do mês.
Torna-se cada vez mais fácil encontrar os produtos da cesta básica e outros alimentos, que noutrora geravam uma alta especulação com a entrada em cena dos vendedores ambulantes. A resposta que vem dos compradores, vezes sem conta, mostra-se bastante assertivo, pois que de época em época as promoções intercalam-se com a entrada de novos produtos e serviços.
Na habitual ronda efectuada a cinco superfícies comerciais da cidade de Luanda (conforme quadro à direita), o levantamento de preços provou a estabilidade dos bens essenciais.
A farinha de trigo encontra-se, esta semana, em baixa de preços, assim como o açúcar e o arroz, pois registaram, nos últimos meses, o que tem correspondido com a demanda ao consumidor.