À actividade informal tem gerado rendimentos consideráveis com a comercialização de bens de primeira necessiade garantindo a sobrevivência de forma  significativa das famílias que residem em zonas urbanas e suburbanas.
Durante a ronda aos habituais supermercados em que levantamos os preços semanais, constatou-se mais uma vez que nestes dias, os produtos promocionais  continuam a ser os que dão à cara.
A procura de bens alimentares ao preço mais acessível é uma preocupação diária das famílias angolanas. Os preços mostram-se estáveis todas as semanas. A subida ou descida de um ou outro produto tem carácter sazonal e nesta época do final do cacimbo os produtos agrícolas escasseiam.
Aliás, muitos importadores já começaram a fazer as suas provisões alimentares em função da aproximação da quadra festiva.
A  não uniformização dos preços praticados nos vários estabelecimentos tem permitido ao consumidor final optar por melhores soluções.O que se tem constatado, neste domínio, é que, a cada ano, os comerciantes apostam numa melhor prestação de serviço para as famílias
Por isso, antes de ir às compras verifique o quadro ao lado.