O Índice de Preços dos Produtos de Preços Vigiados (IPPV) na semana de 7 a 11 de Agosto apresentou uma variação de -1,71 por cento, inferior em 0,19 pontos percentuais ao período anterior. A análise homóloga, mesmo período ano anterior, espelha uma diminuição de 1,55 pontos percentuais, comparando ao valor de - 0,16 por cento de variação anterior.
Em termos genéricos, durante o período o período observado, 17 PPV sofreram redução dos seus preços nos Supermercados de Luanda, sendo que na província de Cabinda foi possível apurar a variação de apenas 15 dos 32 PPV, justificados pela indisponibilidade dos demais no período de 31 de Julho a 04 de Agosto.
Alguns dos PPV apresentam diferenças bastante significativas nos Supermercados de Luanda e de Cabinda, entre os quais a Mandioca, o Repolho e o Sal, que são mais caros nos Supermercados de Luanda, ao passo que o Arroz, a Farinha de Trigo e a Massa Esparguete são mais caros nos Supermercados de Cabinda.
Na análise dos Preços Grossistas dos PPV, podemos concluir que os PPV apresentam um maior volume de disponibilidade nos Armazéns Grossistas de Luanda. O motivo de tal diferença pode estar relacionado com reduzido número de Armazéns Grossistas alvos do processo de levantamento de preços na província de Cabinda.
Recorde-se que o Regime de Preços Vigiados está previsto no Decreto Executivo N.º 77/16, de 25 de Fevereiro, que define as regras e procedimentos para a fixação e alteração dos preços praticados nos diferentes regimes, bem como os mecanismos para o desempenho da actividade de controlo e fiscalização de preços.