O Índice dos Produtos de Preços Vigiados (IPPV) apresentou na semana de 11 a 15 de Setembro uma variação negativa de menos 3,12 por cento, inferior em 7,35 pontos percentuais ao período de 04 a 08 de Setembro. A análise homóloga (mesmo período do ano passado) espelha uma diminuição de 3,85 pontos percentuais, comparando ao valor de 0,73 de variação anterior.
Nos armazéns grossistas de Luanda, a massa esparguete (28,23 por cento) e o óleo de palma (19,48) são os produtos cujos preços mais variaram com diminuição de 28,23 e 19,48, respectivamente, tal como o sabão em barra (15,97) e a cebola (6,42), que registaram os maiores aumento de preços.
Nos supermercados de Luanda, a maior queda de preços ocorreu em produtos como a mandioca (36,06 por cento) e a alface (19,93). O repolho (71,33) e o pão bola (27,92), registaram os principais aumentos de preços.
O IPPV é calculado com base na soma dos Preços dos Produtos enquadrados na lista dos bens e serviços pertencentes ao Regime de Preços praticados pelos retalhistas na cidade de Luanda e considerando a aquisição de uma unidade de medida de cada item.

Trajectória anterior
O Índice de Produtos de Preços Vigiados (IPPV) apresentou, uma variação negativa de menos 4,23 por cento, superior em 5,48 pontos percentuais ao período de 28 de Agosto a 1 de Setembro. A análise homóloga (mesmo período ano anterior) espelha um aumento de 7,63 pontos percentuais, comparando ao valor de -3,4 por cento de variação anterior.
O sabão em barra (59,18 por cento) e a batata rena (18,98) são os produtos que registaram as maiores diminuições de preços nos armazéns grossistas de Luanda, na referida semana.