O nível geral do índice de preços no consumidor (IPC) da província de Luanda registou uma variação de 1,77 por cento durante o período de Junho a Julho de 2017.
A classe “Mobiliário, equipamento doméstico e manutenção” foi a que registou o maior aumento de preços com 3,07 por cento. Destacam-se também o aumento dos preços verificados nas classes “Bens e serviços diversos” com 2,84; “Vestuário e calçado” com 2,61 e “Bebidas alcoólicas e tabaco” com 2,10.
A variação homóloga situa-se em 29,01 por cento, registando um decréscimo de 6,29 pontos percentuais com relação a observada em igual período do ano anterior.
A classe “Alimentação e bebidas não alcoólicas” foi a que mais contribuiu para o aumento do nível geral de preços em Luanda, seguida de “Bens e serviços diversos”, “Mobiliário, equipamento doméstico e manutenção” e “Vestuário e calçado”.
Já em Cabinda, o índice de preços no consumidor da província de Cabinda registou uma variação de 1,30 por cento, durante o período de Junho a Julho de 2017.
A classe “Vestuário e calçado” foi a que registou o maior aumento de preços com 2,62. Destacam-se também o aumento dos preços verificados nas classes “Bebidas alcoólicas e tabaco” com 2,40 por cento, “Habitação, água, electricidade e combustíveis” com 1,73 e “Mobiliário, equipamento doméstico e manutenção” com 1,52.
A classe “Alimentação e bebidas não alcoólicas” foi a que mais contribuiu para o aumento do nível geral de preços, com 0,74 pontos percentuais durante o mês de Julho, seguida das classes: “Vestuário e calçado” com 0,19 pontos percentuais e “Habitação, água, electricidade e combustíveis” com 0,12 pontos percentuais.