As reservas de Angola em moeda estrangeira caíram para 12,84 mil milhões de dólares, o valor mais baixo dos últimos oito anos e muito abaixo do pico de Setembro de 2013, quando ultrapassaram os 34 mil milhões.
De acordo com a contabilização feita pela agência de informação financeira Bloomberg, que cita dados do Banco Nacional de Angola (BNA), este é o valor mais baixo desde Janeiro de 2010.
Angola vive uma grave crise financeira e económica, decorrente da quebra da cotação do barril de crude no mercado internacional, situação que se reflecte ainda na falta de divisas no país, o que dificulta nomeadamente as importações, provocando várias restrições na gestão de moeda estrangeira.