O Banco Sol é a instituição bancária que mais recentemente apostou pela diversificação da sua carteira de serviços e produtos, dispondo ao mercado o “Sol seguros”.
Nesse segmento já actuam os bancos Internacional de Crédito (BIC) e Standard Bank Angola (SBA), acreditando-se que num futuro próximo, até porque várias seguradoras têm já parcerias com bancos comerciais na venda de seus produtos, outros invistam nesse nicho bastante atractivo.
Sobre o Banco Sol, os indicadores de desempenho operacional no II e III trimestres deste ano evidenciaram uma instituição comprometida com o seu objecto de negócio “core business”, e isso visto pela oferta crescente de soluções financeiras dirigidas
aos micro-empreendedores.
Este ano, conforme apurou o JE, o banco, além de ter sido premiado em Londres como o melhor banco comercial em Angola em 2017 e de uma reconhecida participação na Feira de Frutos e Vegetais (Macfrut - 2017), na Itália, disponibilizou crédito a cooperativas em Cabinda, Bengo, Malanje,
Benguela e Cuanza Norte.
Entre Janeiro e Julho, os dados disponibilizados pela Administração do banco dão conta de um desembolso em crédito avaliado em 1,4 mil milhões de kwanzas, em todo o país, no âmbito do projecto “Sol amigo”.
Mais recentemente, o banco fez uma incursão às províncias do Bengo, Cuanza Norte e Malanje, onde reforçou a sua presença com o financiamento de várias iniciativas, entre concessão de bolsas de estudo, apoio aos empreendedores e às Cooperativas Agrícolas, tendo disponibilizado kwanzas equivalente a vários milhões de dólares.