O Estado vendeu, em Outubro, um total de 6,97 mil milhões de kwanzas em Títulos do Tesouro.
Este valor corresponde a 3,8 mil milhões de BTs a 6 meses, 0,7 MM em BTs a 1 ano e 2,5 mil milhões de OT Não Reajustáveis (NR).
De acordo com as prvisões da Bodiva, para Novembro, está programada a emissão de 20 mil milhões de kwanzas em BT e 40 mil milhões de OT NR.
Está também programada, de acordo com a publicação semanal dos especialistas sobre estudos de mercado do banco de Fomento de Angola (BFA), uma emissão de Obrigações do Tesouto (OT) em moeda Externa, em 8m ilhões de dólares, nas maturidades de 2 e 3 anos.
Neste momento, estão disponíveis na Bolsa, além dos Bilhetes do Tesouro, Obrigações do Tesouro não reajustáveis em kwanza e Obrigações do Tesouro indexadas ao dólar, Obrigações Corporativas e Unidades de Participações de Fundos.
No I trimestre, por exemplo, a Bodiva registou um valor de 208 mil milhões de kwanzas em negócios, sendo tal cifra um aumento na ordem de 45,51% em comparação ao período homólogo.
Do montante negociado, cerca de 85,37% refere-se a títulos que apresentam maturidade residual inferior a 30 anos.
As Obrigações do Tesouro indexadas ao dólar (OTX) representaram 73,47% do montante negociado, o que significa uma redução de cerca de 9,7% relativamente ao trimestre anterior.