A Comissão Europeia abriu nesta quarta-feira a primeira etapa de um procedimento de infração por déficit excessivo contra seis países, incluindo França e Espanha, que enfrentam problemas em suas contas públicas em consequência da crise econômica.

"Para os Estados membros nos quais o déficit público superou o valor de referência de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2008, a Comissão adotou hoje (quarta-feira) informes dentro do procedimento de déficit excessivo", declarou o comissário europeu de Assuntos Econômicos, Joaquín Almunia.

Além de França e Espanha, os outros países envolvidos são Irlanda, Grécia, Malta e Letônia.