Os consumidores ouvidos pela rubrica “Hora das Compras” sentem ser uma violação dos seus direitos o facto de os supermercados colacarem em promoção produtos com prazo de validade na sua fase de vencimento.
Conforme disseram, quando falta um mês ou pouco mais, os gestores de supermercados colocam os produtos na condição de promoção “leva dois paga um” ou redução do preço a 50 por cento.
Tendencial ou não, João Ernesto, 43 anos, trabalhador de uma empresa de construção com empreitada nas imediações do Morro Bento, em Luanda, diz ser frequente esse cenário e que vezes sem conta no afã de comprar o barato só tempos depois se dá conta de que o prazo vence dqui a mês ou dias.
Na impossibilidade de ouvirmos os responsáveis de estabelecimentos visitados, por alegada falta de autorização para falar à imprensa, fomos ao encontro de nutricionistas e pessoas ligadas à saúde alimentar, que nos garantiram não ser prejudicial o consumo de produtos nestas condições. A médica nutricionista, que encontramos num ginásio algures do Morro Bento, Marta Chissola, disse não existir contra indicação quanto ao consumo de produtos que estejam no mês de caducidade.