A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, manteve, esta semana, um encontro com o Embaixador dos Países Baixos em Angola, Anne Van Leeuwe, com quem abordou a cooperação no domínio da formação e ciência e agricultura.
Anne Van Leeuwen, Embaixador do Reino dos Países Baixos
No final do encontro, Maria do Rosário Sambo disse à imprensa que serviu ainda para se aprimorar detalhes da visita de uma delegação do sector do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação aos Países Baixos está dentro dos objectivos que o Executivo traçou em adequar o ensino superior aos padrões internacionais.
Segundo a governante, a delegação chefiada por si vai “beber” da experiência dos Países Baixos, que tem um programa de inserção dos jovens no mercado de trabalho e a delegação vai conhecer de perto a realidade do empreendedorismo do ensino superior e procurar trazer para a realidade angolana.
“Estamos num processo de harmonização curricular que vai levar algum tempo e alguns cursos passarão pelo processo de aprendizagem que passará pelo aspecto que dizem respeito ao empreendedorismo. Desta forma vamos contribuir para a melhoria de alguns aspectos no nosso sistema de ensino superior”, acrescentou.
Por sua vez, o embaixador dos Países Baixos em Angola, Anne Van Leeuwe, salientou a importância dos ministérios do ensino superior a nível dos países, por ser o sector que prepara a educação e o futuro dos jovens, para o desenvolvimento do país.
Referiu existir uma necessidade em Angola, como uma das suas prioridades, a diversificação da economia e com uma população maioritariamente jovem, muito deve ser feito na educação e diversificação, por isso os dois países vão procurar trabalhar de forma eficaz e eficiente a educação e os negócios.