Na mesma velocidade com que o avanço tecnológico cresce, os ataques cibernéticos também se actualizam. Para amenizar a situação negativa, a cada dia precisam surgir no mercado novas formas e soluções para que as empresas se protejam.
Para os especialistas na área de segurança cibernética, os hackers desenvolvem programas tão sofisticados que podem ultrapassar o avanço da segurança, que automaticamente prepara os contra-ataques e dificilmente actua de forma proactiva no desenvolvimento de alguma defesa para
ataques que ainda não existem.
As principais dicas de protecção para a cibersegurança ainda incluem outras opções menos conhecidas
entre as empresas, como:
1. PoS com novos artifícios de segurança - Máquinas que recebem pagamentos por cartões de crédito ou débito podem ser um caminho para a entrada de hackers no roubo de dados dos cartões e informações pessoais dos clientes. Porém, com o Points of Sale (PoS) a exigir chip e assinatura nos cartões, os acessos podem deixar de ser um alvo fácil;
2. Protecção a IoT Com a crescente actualização da IoT é preciso que as empresas invistam pesado em blindagem tecnológica. No entanto, os provedores precisam estar alinhados para oferecer protecção e com isso resolver o problema de falhas. Uma boa alternativa é verificar se a rede está protegida por senha e por um firewall. Além disso, é preciso actualizar regularmente
os patches de segurança;
3. Criptografia - Optar pela criptografia na revenda pode ser uma boa alternativa para a protecção nas vendas porque torna o ataque mais difícil. Os revendedores precisam garantir que os firewalls oferecidos sejam capazes de fazer uma varredura completa para capturar os malwares criptografados que entrarem na rede;
4. Antivírus - É óbvio, mas a presença de um bom antivírus é essencial nas máquinas das corporações, ou melhor, em qualquer máquina. É um investimento necessário que garante a segurança de toda a rede. Afinal, de nada adianta se precaver dos ataques cibernéticos se o antivírus deixa a desejar. Antivírus auxiliam na prevenção contra ransomware, um tipo popular de malware, que bloqueia os sistemas e os dados de empresas, sendo um dos ataques virtuais mais temidos pelas revendas e empresas.