Este é de longe, um dos melhores livros sobre negócios lançados este ano “Who is Michael Ovitz?” (“Quem é Michael Ovitz?”, sem edição ainda em português), escrito pelo próprio Michael Ovitz, agente norte-americano de actores. Michael Ovitz já foi investidor de uma agência de talentos, com bastante experiência directa com os desafios dos negócios em Hollywood e é considerado uma lenda no sector. Ovitz começou no negócio do entretenimento com um trabalho de meio período como guia de passeios nos estúdios da Universal Studios, onde se tornou um sucesso instantâneo e começou a construir a sua rede de contactos. Depois de se formar na Universidade da Califórnia em Los Angeles, conseguiu um emprego na agência William Morris Endeavor – só que na expedição. Mais uma vez, ele provou ser um funcionário de destaque e, rapidamente, cresceu na empresa, tornando-se um agente bem-sucedido de actores de televisão. No entanto, a William Morris Endeavor era muito pequena para Ovitz. Por isso, se juntou a outros quatro funcionários e fundou a agência Creative Artists Agency (CAA). Eles inovaram na administração das imagens dos actores, directores e outros clientes. Essa aproximação mudou o jogo, a tal ponto de dominar o mercado. Mas, afinal, quais são as lições que podemos aprender com Michael Ovitz?

1. É necessário pesquisar - Nada que Ovitz fez foi por acidente. Ele sempre teve um entendimento claro do que fazer para alcançar os seus objectivos. Antes de conhecer um cliente pessoalmente, ele queria saber tudo sobre a pessoa. Para tomar decisões, é sempre necessário ter a informação completa;

2. Imagem é tudo - Na sua vida, Ovitz sempre se vestiu bem, sem dúvida. O seu guarda-roupa era impecável, com ternos Armani e sapatos Gucci. Ele queria mostrar para os clientes que levava o negócio a sério;
3. Ter uma empresa com valores - Todos os funcionários da agência de Ovitz tinham um entendimento profundo do que realmente importava para o sucesso da empresa. E isso se tornou parte do DNA;

4. Foco no cliente - Ovitz era obcecado por fazer com que os seus clientes fossem bem-sucedidos. Para o agente, é como se isso fosse uma vacina contra a gripe;

5. Trabalho em equipa é essencial-Este foi um aspecto exclusivo da agência de Ovitz que permitiu que a empresa ganhasse notoriedade rapidamente. Um bom trabalho em equipa é “multiplicador de forças”.